Citando Angelo Coronel, Jaques Wagner e Jerônimo Rodrigues, Otto Alencar declara: “direito à reeleição é intocável; eu tive, todos terão”