Fraudes contábeis nas Americanas superaram os R$ 25 bilhões