Testemunha no processo contra Brazão afirma que morte de Marielle foi para “aterrorizar” a oposição