“Estamos muito aquém do que se faz nas redes de direita”, diz Nísia