Medida provisória corrige perdas do Judiciário por erro na aplicação do antigo teto de gastos