Adolfo Menezes cita cargo de Rui Costa e confiança de Lula ao justificar distância da campanha de Geraldo