Bruno Reis cita preocupação após uso de granadas em guerra de facções em Salvador, pede resposta do Estado e coloca prefeitura à disposição