Setor produtivo avalia que novos tributos mantêm diferencial competitivo da Zona Franca de Manaus